Carregando música...

Opinião/3 Opinião/3

A importância de ter um presidente contra o aborto

Políticas a parte, esquerda, centro, direita e todas as suas variações. Muita gente por aí, inclusive gente boa, está descontente com o governo do dia – cada um tem suas razões – e, por causa disto, muitos batem no Jair, até em questões que deveriam lhe dar um beijo ou, pelo menos, ...

Discriminação conceitual

Alguns pensam que ser crente é ser irracional, alienado e dogmático, essa ideia distorcida acerca da cultura cristã tem gerado uma discriminação conceitual entre algumas pessoas que, por falta de conhecimento histórico em relação a nossa história, tem nos confrontado, subestimando a nossa c...

2020 vai além de 1984: A profecia de Orwell

Peraí, existem profetas depois de João Batista? Eu não vou entrar nessa discussão, por mais que ela seja “bem legal”, estou denominando de profeta um romancista do meio do século passado que escreveu uma obra com tons proféticos, sem dúvida nenhuma, e tu entenderás o porquê estamos afir...

Em defesa do direito religioso do brasileiro

Um dos pilares fundamentais do Direito Religioso está na proteção às organizações religiosas contra atos de perseguição. Essa salvaguarda não existe apenas porque a liberdade de crença é um direito fundamental previsto na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 [ordem j...

Yago Martins e a “dispensável” liberdade religiosa

“Eu preferia um presidente que fosse menos seguro para nós como comunidade religiosa, mas que fosse melhor para a sociedade de forma geral, do que as coisas como estão agora. Eu preferia ter a minha liberdade religiosa sacrificada em algum nível para ver menos gente morrendo, menos miséri...

Luto interditado e seus desdobramentos

“Quando Jesus viu Maria chorar, e o povo também, sentiu profunda indignação e grande angústia. “Onde vocês o colocaram?”, perguntou. Eles responderam: “Senhor, venha e veja”. Jesus chorou. As pessoas que estavam por perto disseram: “Vejam como ele o amava!”. ”  (Jo...

CNN: entrevista não é interrogatório!

Hoje o espectador brasileiro teve a oportunidade de assistir a um show patético envolvendo uma atriz que possui uma carreira digna de todos os prêmios da classe cultural nacional. Foi um show de horrores. Com tantas perguntas importantes e necessárias para fazer na primeira oportunidade que um v...

“Não dá para fazer nada. É assim mesmo”

Dá-se o nome de dissonância cognitiva ao efeito, descoberto pelo eminente psicólogo Leon Festinger (1919-1989), em que se observa uma ação mediante um desencontro acerca do pensamento de um indivíduo com relação a algo que saiba ou queira. Exemplo: uma opinião de um indivíduo qualquer, sob...

Isolamento, redes sociais e o poder do anticristo

Estou acostumado a ver o ajuntamento de pessoas que, em pleno exercício de seus direitos, saem pelas ruas de diversas cidades em diferentes países protestando, resistindo ao sistema, ao status quo, à “Matrix”, ao establishment, ou qualquer outra instância pela qual designe a insatisfação d...

A investida do marxismo contra o ensino pentecostal

Esse artigo é voltado para o público evangélico e não pretende fiar-se em tecnicismos acadêmicos, mas tão somente expor de maneira tão simples quanto possível o crescimento da influência marxista no ambiente pentecostal. Se por um lado a igreja católica sofre há décadas com as investidas...

Não existe festa de divórcio

Sabe por que ninguém te chama para uma “festa de divórcio”? É porque nenhum divórcio é motivo de celebração. Os casais se divorciam porque algo deu errado, seja na área relacional, na sentimental ou mesmo em função de um dos cônjuges ou ambos não assumirem a responsabilidade ...

“E daí?”: O malabarismo hermenêutico da imprensa para desmoralizar o presidente

Expressões e motes surgem o tempo todo na linguagem da internet. Alguém diz algo, pronto. Logo esse algo viraliza e toma conta do ambiente virtual e os memes pipocam. Atualmente, a palavra do momento que está estampada em todo lugar é o “F*d*-se”. E quando entramos em uma livraria recebe...

Quem você pensa que é para querer o Brasil grande?

Um dos homens mais fantásticos que o Brasil já teve, sem sombra de dúvidas, foi o Barão de Mauá. Homem que estava há uns 100 anos à frente de sua época, com visão inovadora e disruptiva, o Barão de Mauá trabalhava, incessantemente, pelo progresso do Brasil, inclusive proclamando aos quat...